terça-feira, 9 de setembro de 2014

Refletindo

Lixo Emocional


Conversando no domingo com uma pessoa muito sábia e uma ex-professora da época que morei e estudei no internato (IBER-CIEM) que é psicologa. Falamos sobre algumas coisas e o que despertou interesse foi sobre "lixo emocional" que carremos, travei gente!
Analisando algumas postagens minhas feitas no facebook de um tempo para cá, comecei a perceber que estava usando a rede social para despejar todo lixo emocional e durante a conversa abordamos esse tema que nunca levei tão a sério, embora sinto necessidade e pude perceber o quanto é sério. Pensei em postagens de amigos,querendo fugir do assunto,claro!
Lembrei de tantas ocasiões onde vi pessoas jogarem o lixo doméstico em qualquer lugar, daqueles que não são reciclados,...quando se trata desse assunto que envolve o "Meio Ambiente" a nossa mente voa e logo pensamos em (Reduzir, Reutilizar e Reciclar - 3 Rs da Sustentabilidade).
Na minha casa faço a separação do que é lixo e do que pode ser Reduzido, Reutilizado e Reciclado. Não só por que sou professora mas, sei da minha responsabilidade com o Meio Ambiente e quanto aqueles que não fazem nada disso, busco conscientizá-los através dos alunos e do  exemplo.
E o lixo emocional?
Será que dá para usar os 3 Rs da Sustentabilidade?
Se temos lixo conosco vamos oferecer o que?
Então, para polpar a minha imagem preferi ficar um tempo fora do facebook, estipulei um tempinho de 40 dias onde estarei refletindo. Percebi que "carrego" alguns "lixos emocionais" comigo e lá era o único lugar onde podia fazer isso por não ter ninguém de confiança,coisa rara hoje,temos que ser cautelosos até para quem vamos contar o nosso lixo,  pois podem usar contra nós, que é pior. 
Um lugar que  deve ser útil para distração e que acaba virando um mal quando não sabemos usá-lo com cautela, colocamos a nossa alma exposta.
Comecei a usar o 1º R: 
REDUZIR! 
Comecei  a colocar em prática, alguns dias sem curtir e compartilhar nada.
Que exagero, pode até parece!!!
Cada um sabe a dor que carrega e dependendo da ferida ela não pode ficar exposta, precisa de curativos por  não poder  ficar à vista e por precisar de cuidados.
Podemos perceber muito lixo emocional sendo jogado nas redes sociais como forma de fuga, pedido de socorro, escape,...nem todos tem um olhar tão profundo assim ao ponto de analisar o que o outro posta e quem posta, por que está tão envolvido que mal consegue olhar para dentro de si e  perceber,antes que seja tarde buscar uma solução.
O que pode ser esse lixo emocional?
Cada um sabe!
Reduzindo o lixo!
Como?
1º passo: não permitindo que façam/falam comigo determinadas coisas, isolar? Não! Ser seletiva! Hoje temos que ser assim, infelizmente ou felizmente!
O 1º processo começa quando nos tornamos seletivos,tarefa árdua para aquele que tem uma postura tão humanizada com relação ao ser humano.
Estranho, precisamos de amigos "humanos", como assim?
Hoje tudo está girando em torno desse tema; Educação Humanizada, Saúde Humanizada,...Amigos Humanizados?
Muitos jogam o lixo emocional nas redes sociais por não terem onde jogá-los.
Devemos ter um olhar mais humano ao ponto de perceber algo e nos sensibilizarmos oferecendo ajuda, pode ser um olá,bom dia,...



Reciclar lixo emocional gera riqueza
Poderia imaginar isso?







Encontrei esse outro R



Fora do face não significa que estou se isolando, morrendo aos poucos ainda em vida.


Martin Seligman & Christopher Peterson descrevem 24 virtudes, agrupadas em seis categorias.
Esse inventário de virtudes está disponível na rede para você fazer. Veja ao término desse texto.
Para os papas da psicologia positiva, transfere-se o lixo de nosso emocional para um canto compartimentado de nosso ser, quando conhecemos nossas principais forças e as usamos para renascer, ou florescer, como eles costumam dizer.
Veja as 24 forças, agrupadas em seis categorias de virtudes:

I. SABEDORIA E CONHECIMENTO

1. Curiosidade / Interesse pelo mundo
2. Gosto pela aprendizagem
3. Discernimento/Pensamento Crítico/Imparcialidade
4. Engenhosidade/ Originalidade/ Inteligência prática / Esperteza
5. Inteligência Social/ Inteligência Pessoal/ Inteligência Emocional
6. Perspectiva (forma de enxergar o mundo)

II. CORAGEM

7. Bravura/ Valentia
8. Perseverança/ Dinamismo/ Diligência
9. Integridade/ Autenticidade/ Honestidade

III. HUMANIDADE

10. Bondade/ Generosidade
11. Amor/ Capacidade de ser amado

IV. JUSTIÇA

12. Cidadania/ Dever/ Espírito de Equipe/ Lealdade
13. Imparcialidade/ Equidade
14. Liderança

V. TEMPERANÇA

15. Autocontrole
16. Prudência/ Discrição/ Cuidado
17. Humildade/ Modéstia

VI. TRANSCENDÊNCIA

18. Apreciação da beleza e da excelência
19. Gratidão
20. Esperança/ Otimismo/ Responsabilidade com o futuro
21. Espiritualidade/ Senso de Propósito/ Fé/ Religiosidade
22. Perdão/ Misericórdia
23. Bom humor/ Graça
24. Animação/ Paixão/ Entusiasmo

Essa abordagem, que foca em aspectos sadios de nosso ser, expandindo-os para outras áreas, tem dado muito certo em várias partes do planeta, em casos rigorosamente documentados.
Quem está cansado, mórbido e triste acaba se vendo assim em todas as áreas d a vida e perdendo o vigor.
Se você que me lê está assim, peço-lhe calma.
Você conseguirá atingir um outro estado do ser, o do bem-estar, a partir de exercícios simples que remodelaram sua forma de perceber o mundo, opaca pelas lentes da apatia.
São três exercícios:
1. Conte as coisas boas que acontece em seu dia, as suas bênçãos, e as anote num diário. Ao lado delas, tente registrar o porquê delas terem acontecido. No mínimo três por dia, durante 15 dias.
2. Pratique um gesto de bondade diário. Por 30 dias.
3. Faça três elogios verdadeiros, durante 1 semana – A Semana do Elogio.
4. Uma vez por semana, pratique a “visita da gratidão”. Encontre-se com alguém para com quem tem uma dívida de gratidão e revele o quanto a pessoa lhe foi importante, em determinado momento e circunstância da vida.
5. Faça cartas para quem ama (uma por semana). Pode ser e-mail, mas nada substitui recebê-las pelos Correios.
6. Diariamente tente fazer uma coisa que já gostou e que não gosta mais, mesmos em querer. Faça como se fosse um remédio que toma. Se gosta de cinema e não tem mais vontade. Uma vez por semana tome o remédio Cinema.
7. Durante cinco semanas pratique as cinco primeiras virtudes que lhe são mais fortes. Uma por semana, veja quais são seguindo o passo a passo abaixo. 
Lute, um dia de cada vez. Permita-se florescer. Use suas forças para renovar seu ânimo, encontre um sentido no próprio sentido de sobreviver, de lutar contra a aflição, o tédio e a tristeza que alguma vez possa assolar tua alma. Quero dizer-lhe que acredito em ti. Que você tem valor. que só está cansado das pancadas, mas que aprenderá a olhar o lado bom da vida, aquela que por ela vale a pena viver.


                                              


3 comentários:

✿ chica disse...

O tema é ótimo, interessante. Jogar lixos emocionais fora nas redes, não me parece muito bom... Temos que descartá-lo de nossa mente, de dentro de nós, mas de outro modo. Um belo post pra refletir! bjs, chica

Allê Monteiro disse...

OLá Chica, muitos jogam o lixo emocional nas redes exatamente por não terem onde recorrerem, vejo como um peido de socorro e que agente não consegue perceber.
Refletindo!!
Bjssssss
Allê

Calu B. disse...

Considero ultra acertadas as tuas escolhas frente à própria autocrítica, Allê.
Até o nosso lixo( seja concreto ou emocional) tem de ser equalizado e reciclado conforme uma classificação adequada.Moderação ajuda a conscientização e evita desagrados.

Um ótimo e esclarecedor post sobre o assunto.Bravo!
Bjos,
Calu