sexta-feira, 6 de setembro de 2013

ADOÇÃO TARDIA E INTERRACIAL: APENAS AMOR POR UM FILHO.

ADOÇÃO TARDIA E INTERRACIAL: APENAS AMOR POR UM FILHO.

Sou pretinho, sou branquinho...
Posso ser um mulatinho...
Ou descendente de indiozinho...
Sou menino, travessinho...
Ou menina de lacinho...
Posso ser um bebezinho...
Ou somente um garotinho...
Talvez, quem sabe, já um rapazinho...
Mas na verdade eu cheguei aqui pequenininho!
Nem sei bem porque sou passarinho sem ninho...
Fato é que na verdade eu me encontro sozinho!
Moro aqui e em todo canto eu encontro um amiguinho...
Eles são iguais a mim, passarinho sem ninho...
Mas eu sonho mesmo é ter um irmãozinho...
Um papai, uma mamãe, quem sabe um priminho...
Não sou muito exigente, eu só não quero ser sozinho!
Mas o tempo vai passando e eu não vejo outro caminho...
Quem aqui vem não me enxerga, fico sempre no cantinho...
Talvez seja porque eu já não sou mais tão pequenininho...
Não sei quem criou a ideia de que eu não posso sentir carinho...
Só porque já sou um pouco mais velhinho!!!
Talvez temam as marcas que trago em meu corpinho...
Ou achem que eu não possa ser um menino educadinho...
Na verdade, invisível, eu pareço um gasparzinho!
Mas olhe, me escute, eu não quero ser sozinho!!!
Me adote, me ame, me transforme em seu filhinho...
E verás que no meu peito eu tenho sim um coraçãozinho...
Eu só quero conhecer a alegria e completar o seu ninho!
Bárbara Zambelli - 25/05/2013


PS.Amei esta poesia que a amiga Bárbara fez!!!!

Um comentário:

Claudee Teixeira disse...

Meu sonho que um dia irei realizá-lo adotar uma criança já grande e de preferencia com irmãos...

Allê vim retribuir tua visita... amei teu cantinho!

Bjkinhas