quinta-feira, 19 de junho de 2014

Quintas Ilustradas

Quintas Ilustradas

Dando continuidade a sugestão da amiga super criativa Silvana e aproveitem para passarem por lá também!


O pintor de 41 anos Huang Guofu, natural de Chongqing, na China, aprendeu a 

dominar o pincel com a boca e com o pé direito depois de ter perdido ambos os braços

 em um acidente de choque elétrico quando possuía apenas 4 anos de idade.
O acidente, porém, não o impediu de seguir seus sonhos, e aos 12 anos, começou a pintar com os pés. O talentoso artista lembra que no início suas obras não se pareciam em nada com o que ele pretendia pintar, mas, como o passar dos anos, suas habilidades melhoraram consideravelmente.


Huang parou seus estudos quando tinha 18 anos. Seu pai estava muito doente e ele precisava ganhar dinheiro para os tratamentos de saúde dele. Huang Guofu começou a viajar para outras cidades chinesas com o objetivo de pintar quadros nas ruas e vendê-los para quem passasse pelo local.
Foi durante suas viagens que ele começou a usar a boca para pintar, depois de ouvir alguns comentários de que a pintura com a própria perna não é muito elegante.
Durante a ida a uma cidade na província de Sichuan, na própria China, Huang Guofu conheci Hu Guoui, uma mulher que rapidamente se apaixonou por sua força de vontade e talento artístico. Os dois se casaram em 2000. Desde então, ela se tornou sua assistente, carregando suas telas e ferramentas sempre que ele precisa pintar uma obra no local.


Huang Guofu foi nomeado vice-curador do recém-criado Museu de Talentos de Chongqing por suas realizações artísticas e poderoso espírito. De lá para cá, muitos outros pintores de boca e pés aderiram ao museu. O artista acredita que “quando a vida fecha uma porta para você, ela abre outra ao mesmo tempo” e declara que ele está feliz e satisfeito com o que Deus lhe deu.
Confira as imagens do artista em ação e de suas obras. A beleza e os detalhes das pinturas impressionam.



2 comentários:

Antonio Reis disse...

Apenas aplaudir e ficar admirando.
Lindo e lindo e bela generosa partilha Allê.
Abraços

Allê Monteiro disse...

Olá Antonio!
Agradecida!!!!
Allê Monteiro